Portal da Justiça Federal da 4ª Região
Seção Judiciária do Rio Grande do Sul
Seção Judiciária de Santa Catarina
Seção Judiciária do Paraná
M
A+
A
A-

Instalada segunda vara federal em Carazinho (RS)

4 de julho de 2012

A Justiça Federal do RS (JFRS) instalou, nesta quarta-feira (4/7), sua segunda vara em Carazinho. Na ocasião, também foram inaugurados a nova sede da subseção, o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejuscon) e a Central de Atendimento ao Público (CAP) locais. A cerimônia foi conduzida pela presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), desembargadora federal Marga Inge Barth Tessler, e contou com as presenças do Corregedor Regional da Justiça Federal da 4ª Região, desembargador Tadaaqui Hirose; do prefeito e do presidente da Câmara de Vereadores do município, Aylton Magalhães e Ereley Vieira, respectivamente. Os diretores de Foro da Seção Judiciária do Rio Grande do Sul (SJRS), juiz federal Eduardo Tonetto Picarelli; da Seção Judiciária de Santa Catarina, juiz federal Alcides Vettorazi; da Seção Judiciária do Paraná, juiz federal Friedmann Wendpap; e da Subseção de Carazinho, Frederico Valdez Pereira, também estiveram no evento.

Na abertura da cerimônia, o juiz federal Valdez Pereira destacou o fato de estar sendo instalada mais uma vara dos Juizados Especiais Federais (JEFs), o que considerou fator de aprimoramento na relação entre a Justiça e o jurisdicionado. “Trata-se de uma revolução na facilidade de acesso ao Judiciário pelo cidadão, sem a necessidade de arcar com os altos cursos e, principalmente, com a existência de um procedimento judicial dinâmico e enxuto, em benefício, na maior parte das vezes, do cidadão de baixa renda”, afirmou.

O constante processo de melhoria nos serviços prestados à comunidade também foi mencionado pelo diretor do Foro da SJRS. Segundo Picarelli, a instalação da Subseção de Palmeira das Missões, em 2013, ampliará o acesso à Justiça Federal e promoverá mudanças na sua jurisdição. “Carazinho atenderá 38 municípios e uma população de aproximadamente 310 mil habitantes. Praticamente dobramos nossa capacidade de atendimento ao jurisdicionado”, pontuou.

 

Fotos: Sylvio Sirangelo/JFRS

Picarelli destacou o constante processo de melhoria nos serviços da JFRS

A presidente do TRF4 agradeceu aos presentes, ressaltando os esforços da instituição em inovar para prosperar. “Queremos prestar um bom serviço, lembrando que, na Justiça Federal da 4ª Região, qualquer ação tramita em meio eletrônico, inclusive os processos administrativos”, disse Marga.

A solenidade ainda foi acompanhada por autoridades municipais, estaduais e federais, advogados e representantes da Caixa Econômica Federal e da seccional gaúcha da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/RS). A nova sede da Justiça Federal em Carazinho está localizada na Rua Bento Gonçalves, 214.

Magistrados Picarelli (E), Marga e Pereira descerraram placa de inauguração da nova sede

Juíza Liane Rodrigues (D) descerrou a placa do novo JEF

 (foto em alta resolução)

OUTRAS NOTÍCIAS

JFRS determina mudança em concursos públicos realizados pela UFRGS
29 de julho de 2014
A 2ª Vara Federal de Porto Alegre deferiu, no dia 21/07, pedido liminar em processo ajuizado pelo Ministério Público Federal (MPF) contra a Universidade Federal do Rio Grande do [Leia mais »]


Para JFRS, Estado deve incluir Educação Física no currículo durante toda a educação básica
28 de julho de 2014
A disciplina de Educação Física deve estar presente no currículo durante toda a educação básica. Essa foi a decisão da 2ª Vara Federal de Porto Alegre (RS) em uma ação [Leia mais »]


Rodin: 3ª Vara Federal de Santa Maria (RS) recebe denúncia contra ex-governadora
25 de julho de 2014
O juiz federal substituto da 3ª Vara Federal de Santa Maria (RS), Gustavo Chies Cignachi, recebeu na quarta-feira (23/7) denúncia em ação de improbidade administrativa ajuizada [Leia mais »]


Conciliações na 26ª Vara Federal da capital movimentam mais de R$ 3 milhões em julho
25 de julho de 2014
Instalada em 10 de julho, a 26ª Vara Federal de Porto Alegre (RS) divulgou os resultados do primeiro mês de atuação totalmente dedicada à conciliação. Foram 418 audiências [Leia mais »]


JF de Caxias do Sul (RS) dá prazo para manifestação sobre perda de objeto em ação que trata de migrantes ganeses
24 de julho de 2014
A juíza Lenise Kleinübing Gregol, da 3ª Vara Federal de Caxias do Sul (RS), deu prazo de 48h para que o Ministério Público Federal (MPF) se manifeste sobre a possível perda [Leia mais »]


Rua Otavio Francisco Caruso da Rocha, 600 - Bairro Praia de Belas - CEP 90010-395 - Porto Alegre (RS) - PABX (51) 3214 9000