1ª Vara Federal de Cruz Alta (RS) promove reintegração pacífica de imóveis do Minha Casa Minha Vida

A 1ª Vara Federal de Cruz Alta (RS) promoveu, na manhã de ontem (23/11), uma operação de reintegração de posse de 20 imóveis integrantes do Minha Casa Minha Vida, localizados no Loteamento Vida Nova II, Bairro Jardim Primavera. As casas populares haviam sido ocupadas irregularmente.

A Caixa, responsável pelo gerenciamento dos recursos do Fundo de Arrendamento Habitacional (FAR), ingressou com a ação com o objetivo de retomar as moradias e entregá-las a pessoas regularmente inscritas no programa habitacional e que já haviam sorteadas. Do total de imóveis incluídos na reintegração, apenas um estava sendo habitado no momento da operação.

Além de três oficiais de justiça e três integrantes do Grupo Especial de Segurança (GES) da Justiça Federal, 65 policiais militares e duas prepostas do banco participaram da reintegração. Integrantes do Corpo de Bombeiros, do SAMU, da Assistência Social da Prefeitura e do Conselho Tutelar prestaram apoio na remoção, que envolveu 21 pessoas, incluindo 11 crianças. A ação ocorreu de forma pacífica.

Os móveis eventualmente deixados no local foram encaminhados a um depósito. Dez unidades estavam depredadas. As que estavam em melhores condições foram repassadas aos beneficiários do programa.

 

 

 

 

Veja mais Notícias

JFRS: ex-reitor da Ulbra e filha são condenados por lavagem de dinheiro

A 7ª Vara Federal de Porto Alegre (RS) condenou um ex-reitor da Universidade Luterana do Brasil (Ulbra/Celsp) e sua filha pelo crime de lavagem de dinheiro. Outras três pessoas

JFRS condena dois homens presos com 42kg de cocaína em Gravataí

A 11ª Vara Federal de Porto Alegre condenou um brasileiro e um uruguaio que haviam sido presos transportando 42kg de cocaína. A sentença, do juiz federal substituto Ricardo

Justiça Federal em Cachoeira do Sul (RS) nega pedido de reinstalação de posto de pesagem na BR-290

A 1ª Vara Federal de Cachoeira do Sul julgou improcedente uma ação que solicitava a reinstalação de posto de pesagem de veículos no trecho da BR-290 que liga o município e a

JF Carazinho absolve acusados de fraude a licitação em Lagoa dos Três Cantos

A 1ª Vara Federal de Carazinho (RS) absolveu nove pessoas acusadas de frustrar o caráter competitivo de uma licitação realizada em 2010 no município de Lagoa dos Três Cantos.

Morte de coronel em base área de Canoas teve motivação política-ideológica decorrente do regime militar, declara JFRS

A 2ª Vara Federal de Canoas (RS) declarou que a morte de um coronel da Aeronáutica ocorrida em um quartel do município em 1965 teria sido motivada por questões