Dia de Combate à Corrupção será celebrado com reconhecimento de iniciativas voltadas à prevenção

1 de dezembro de 2017

Acontece no próximo dia 4 de dezembro, em Brasília, a divulgação das melhores iniciativas nacionais de combate primário à corrupção. As práticas foram selecionadas por meio de um edital público, iniciativa que compõe a campanha #TodosJuntosContraCorrupção. A Justiça Federal do RS é uma das apoiadoras.

A atividade, que ocorre no Auditório Juscelino Kubitschek, na sede da Procuradoria-Geral da República, em Brasília, é alusiva ao Dia Internacional de Combate à Corrupção, celebrado em 9 de dezembro. A TV MPF transmitirá ao vivo (www.tvmpf.mpf.mp.br).

Planejada dentro do Programa Nacional de Prevenção Primária à Corrupção, vinculada à Ação 6 da Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (Enccla), a campanha tem por objetivo incentivar e consolidar propostas que fomentem a integridade social e a educação para a cidadania. As peças de comunicação criadas com esse intuito estão disponíveis no hotsite www.todosjuntoscontracorrupcao.gov.br e podem ser baixadas e compartilhadas pelos cidadãos. A página também traz orientações sobre como estabelecer parcerias para produção de cartazes, camisetas, banners e outras formas de divulgação do conteúdo.

Propostas

Ao todo, foram recebidas 90 propostas com base no edital lançado em setembro. Parte delas ficará disponível em banco na internet, para permitir sua replicação. Na seleção, foram consideradas as ações direcionadas para a formação de cidadãos conscientes e ativos nas ações de controle social.

Um dos requisitos é que o projeto aponte o número de pessoas impactadas com cada ação, os efeitos esperados e a possibilidade de implementação em outras localidades. Além disso, é essencial que os valores principais de prevenção primária à corrupção – integridades, honestidade, respeito, responsabilidade, justiça e proatividade social – sejam abordados.

O presidente do Fórum Nacional de Combate à Corrupção (FNCC) e conselheiro do CNMP, Sílvio Amorim, destaca que a criação de um repositório de projetos é uma boa ferramenta para pulverizar práticas educativas de enfrentamento à corrupção. “Valorizar boas propostas é estratégico para que ações tão importantes se multipliquem pelo país, atingindo cada vez mais pessoas”, afirma. Já a juíza federal substituta Cristina de Albuquerque Vieira, aponta a importância da prevenção. “Acreditamos que a corrupção se combate não apenas com a aplicação de mecanismos de repressão e controle, mas também de forma preventiva por meio do reforço e da disseminação de valores como integridade, honestidade e ética”, diz a magistrada, que atua na 22ª Vara Federal de Porto Alegre e faz parte da Ação 6 da Enccla.

Consciência

Como forma de lembrar sobre a importância do enfrentamento à corrupção em todas as esferas da sociedade, será lançado durante o evento um laço branco, o laço da consciência, para marcar o Dezembro contra a Corrupção.

A ideia é que o adereço ressalte a luta contra a corrupção e lembre as pessoas, a todo momento, que a mudança na cultura do país depende das atitudes de cada um e que idoneidade e honestidade devem ser praticados a todo instante.

 

 

 

Veja mais Notícias

UAA da Justiça Federal em Montenegro (RS) não terá expediente em 25/5

23 de maio de 2018
A Direção do Foro da SJRS determinou que não haverá expediente no dia 25/5 na Unidade Avançada de Atendimento (UAA) da Justiça Federal em Montenegro (RS). A medida decorre

Crimes de ciberpornografia são os mais desafiadores, afirma pesquisadora em seminário sobre Justiça Restaurativa na JFRS

22 de maio de 2018
A aplicação das práticas restaurativas em casos de crimes cibernéticos, em especial os relacionados a ciberpornografia, foi o centro do seminário conduzido na tarde de ontem

Justiça Federal em Santa Maria (RS) condena dois homens por contrabando de medicamentos

22 de maio de 2018
A 2ª Vara Federal de Santa Maria condenou um advogado e um corretor de imóveis a dois anos de reclusão por contrabando de medicamentos. A sentença é do juiz federal Jorge Luiz