Galeria de vídeos

Ex-militar torturado no quartel tem direito à indenização

Injustiça, medo, tortura. Quanto tempo uma pessoa consegue suportar um trauma e esconder a sete chaves o que aconteceu? No sul do país, um aposentado quebrou o silêncio e conseguiu na Justiça a reparação pela violência que sofreu dentro de um quartel. O repórter Marcelo Magalhães conta esta história e mostra a decisão que determinou o pagamento de indenização por danos morais.

Família de homem morto em acidente com viatura da PRF recebe indenização

No sul do país, um homem morreu depois de bater o carro, de frente, em uma viatura da Polícia Rodoviária Federal, que estava na contramão. Na Justiça Federal, a União foi condenada a pagar indenização por danos morais à família da vítima e também uma pensão mensal à filha do homem morto. A reportagem é de Marcelo Magalhães. Publicado em 13 de set de 2017

Banco e construtora devem indenizar dono de imóvel por atraso na entrega da obra

Comprar imóvel na planta sai mais barato. Só que, também, demora mais para ficar pronto. Tem gente que casa e se separa antes de o apartamento ser entregue. Casos de atraso não são raros e muitas vezes vão parar na Justiça. No Tribunal Regional Federal da 4ª Região, banco e construtora foram condenados a indenizar um consumidor pelo atraso na entrega do apartamento.

DNIT é condenado por acidente que matou pai de família em estrada sem sinalização

Um homem morreu depois de bater na traseira de um caminhão que auxiliava no trabalho de manutenção da rodovia. A Justiça responsabilizou pelo acidente o DNIT e a empresa responsável pela obra. A família vai receber indenização por danos morais e o departamento deverá pagar uma pensão à filha.

Adicional de insalubridade deve ser pago durante licença maternidade de professora

O adicional de insalubridade foi suspenso durante a licença maternidade de uma professora da Universidade Federal de Santa Maria. Publicado em 23 de ago de 2017

Homem que teve casa alagada depois de duplicação de rodovia tem direito à indenização

No sul do país, a duplicação de uma rodovia provocou desnível da pista e alagou as casas que ficavam às margens da BR 101. Indignado com as obras, um morador entrou com uma ação contra o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes, responsável pela construção. A Justiça Federal determinou, além da elaboração de um novo sistema de drenagem, o pagamento de indenização por danos morais. Publicado em 9 de ago de 2017