Galeria de vídeos

Cumprimento das metas estratégicas da Justiça Federal em 2017

10 de maio de 2018

De que forma a Justiça Federal ajuda o cidadão? Veja neste vídeo as metas estratégicas e números do ano de 2017.

Correios são condenados a entregar correspondência em bairro que há 2 anos não recebia cartas

8 de maio de 2018

Imagine ter que andar cinco quilômetros para pegar suas cartas, contas e outras correspondências. Isso acontece há dois anos em um bairro do sul de Santa Cruz do Sul. Os Correios alegam falta de pessoal e não fazem as entregas. Revoltados, os moradores procuraram seus direitos. A Justiça Federal deu seis meses de prazo aos Correios para normalizar o serviço, como mostra o repórter Marcelo Magalhães.

Peritos que fraudavam ponto no INSS para trabalhar em outros lugares são condenados

4 de maio de 2018

Em Santa Maria, foi descoberto que peritos marcavam ponto em uma agência do INSS, mas saiam para trabalhar em outros lugares. A chefe e um funcionário foram denunciados e condenados por fraude. O repórter Marcelo Magalhães foi até o município do centro do estado para mostrar como funcionava o esquema e como a população era prejudicada.

União é condenada a dar vaga em UTI para paciente com traumatismo craniano

1 de maio de 2018

O drama de sofrer um acidente, precisar de socorro rápido e descobrir que a UTI do hospital está lotada. Desesperada, a família de uma paciente do sul do país, que teve traumatismo craniano após um acidente, levou o caso para a justiça. A união foi obrigada a disponibilizar a vaga.

Decisão garante escola capacitada para atender criança com diabetes

27 de abril de 2018

Do sul do país, o repórter Marcelo Magalhães conta a história de uma criança que tem diabetes e precisa, diariamente, de insulina e cuidados alimentares. A rotina da família mudou depois da descoberta da doença. Farinha e açúcar foram banidos da alimentação, por exemplo. A escolha por um colégio capaz de atender as necessidades da menina foi um desafio para os pais. O episódio só teve fim com a ajuda de uma decisão judicial.

Banco não pode ser responsabilizado por golpe do boleto

26 de abril de 2018

Receber boleto bancário por e-mail pode parecer algo inofensivo, mas é bom ter cuidado, no meio das contas verdadeiras, podem aparecer as falsas, é o chamado golpe do boleto. Por isso, é preciso confirmar os dados antes de pagar. No sul do país, um cliente caiu no golpe neste e processou o banco. Mas para a Tribunal Regional Federal da 4ª Região, a instituição bancária não tem responsabilidade, já que não emitiu, nem enviou o boleto ao cliente, apenas efetuou o pagamento sem nenhum ato irregular. A reportagem é de Marcelo Magalhães.

www2.jfrs.jus.br