Notícias

JFRS: próxima rodada do Seminário Justiça Restaurativa abordará Comunicação Não-Violenta

30 de outubro de 2017 - 10:47

A Justiça Federal do RS (JFRS) promove, no dia 8/11, a palestra “Comunicação Não-Violenta: a violência é a expressão trágica de uma necessidade não atendida?”, com Marcelo Luiz Pelizzoli. O evento faz parte do ciclo de seminários “Justiça Restaurativa – Uma nova perspectiva de Justiça” e acontece das 14h às 16h no auditório do prédio-sede da JFRS em Porto Alegre (Rua Otávio Francisco Caruso da Rocha, 600 – 9º andar). A participação é aberta a interessados no tema.

A iniciativa se propõe a promover o debate quanto às possibilidades, no âmbito da Justiça Formal, para a resolução de conflitos. O tema escolhido parte da perplexidade social diante da violência, em suas distintas faces, e do paradoxo frente ao desejo punitivo imposto ao sistema de Justiça.

CNV

A Comunicação Não-Violenta, criada por Marshall Rosenberg e inspirada na filosofia da não-violência é conectada com a fundamentação ética da Cultura de Paz, paradigma que propõe reflexões e práticas que resgatam a sociabilidade fundamental das relações humanas. Atua na promoção de parcerias e meios de cooperação. A proposta tem por fim incentivar a empatia por meio da comunicação. É uma comunicação com ênfase nos valores universais. É dar novos significados ao diálogo e, consequentemente, mudar e melhorar a convivência, de modo a apaziguar e gerar harmonia. Tem por modelo ético o não-estabelecimento de rótulos entre as pessoas e a não-dominação. Coloca em posição de igualdade os interlocutores.

Sobre o palestrante

Marcelo Luiz Pelizzoli é Doutor em Filosofia e pós-doutorado em Bioética pela PUCRS. Mestre em em Antropologia Filosófica e PhD pela PUCRS. Professor do Mestrado em Saúde Coletiva e do Mestrado em Direitos Humanos da Universidade Federal de Pernambuco. Membro do Grupo de Ciência e Cultura de Paz, da Comissão de Direitos Humanos Dom Helder Câmara. Possui formação internacional em Terapia Sistêmica Familiar, em Orgonomia (Reich), em CNV com M. Rosenberg, e em Círculos de Diálogo com Kay Pranis, além de formação em Internal Family Sistems Therapy. Formado em Constelações Familiares e em Terapia Corporal. Coordenador do Espaço de Diálogo e Reparação da UFPE. Coordenação do Núcleo de Justiça Restaurativa de Pernambuco, é autor/organizador de 16 livros.

Seminário Justiça Restaurativa

O ciclo de seminários surgiu a partir da implantação, neste ano, do projeto Justiça Restaurativa na JFRS, construído sob uma perspectiva interinstitucional, sistêmica e interdisciplinar e com referência na Resolução 225/2016 do Conselho Nacional de Justiça. O principal objetivo da iniciativa é incentivar a reflexão a respeito do contexto que perpassa os processos no âmbito penal, como a superlotação carcerária, o aumento crescente da criminalidade, a insatisfação com a Justiça e a fragilidade do senso comunitário. Como pano de fundo está o entendimento de que cabe ao Poder Judiciário aprimorar permanentemente suas formas de resposta às questões sociais relacionadas aos conflitos com a lei e violência, resgatando sua capacidade de diálogo com a sociedade.

Serviço

Palestra “Comunicação-Não Violenta: a violência é a expressão trágica de uma necessidade não atendida?”

Ministrante: Marcelo Luiz Pelizzoli

Data: 08 de novembro de 2017

Local: auditório da Justiça Federal do RS (Otávio Francisco Caruso da Rocha, 600, 9ª andar/ala norte)

Horário: das 14h às 16h

Evento aberto ao público. Inscrições no local.

[Notícias anteriores]
www2.jfrs.jus.br