JFRS traz pesquisadores Brunilda Pali e Ivo Aersten para seminário sobre Justiça Restaurativa

21 de março de 2018

Nos meses de abril e maio, a Justiça Federal do RS receberá dois dos nomes mais conhecidos da Justiça Restaurativa na Europa. Professores na Universidade de Leuven, da Bélgica, Brunilda Pali e Ivo Aersten irão discorrer sobre as diferentes formas de articulação do modelo restaurativo com o sistema de justiça criminal, além de apresentar as experiências a respeito do assunto obtidas no continente europeu.

A primeira rodada acontece no dia 5 de abril e será coordenada por Aertsen, que abordará o uso do modelo restaurativo em crimes corporativos, como os que envolvem questões ambientais, financeiras e da indústria farmacêutica, entre outras. Doutor em Ciências Criminológicas e professor na Universidade de Leuven, ele iniciou sua atuação no sistema prisional ainda na década de 1970, tendo colaborado diretamente para a elaboração da lei belga de Justiça Restaurativa, promulgada em 2005.

Já no dia 21 de maio, será a vez de Brunilda aprofundar o tema em relação aos crimes cibernéticos, sobretudo os que dizem respeito a violações dos direitos das crianças. Pesquisadora de pós-doutorado no Instituto de Criminologia de Leuven, atualmente ela também é secretária do Conselho do Fórum Europeu de Justiça Restaurativa.

A iniciativa conta com o apoio da Unilasalle. A Justiça Federal do RS fica na Rua Otávio Francisco Caruso da Rocha, 600. Praia de Belas. Porto Alegre.

 

Serviço

Seminário com o Prof. Ivo Aertsen

Data: 05/04 (quinta-feira)

Horário: das 14h as 16h30 (duração de 2h30min)

Local: auditório da Justiça Federal de Porto Alegre

Tema: “O uso da justiça restaurativa em crimes corporativos (crimes ambientais, crimes envolvendo a indústria farmacêutica, crimes financeiros, etc.)”

Público-Alvo: juízes federais, servidores da Justiça Federal, estudantes da Universidade La Salle, de outras instituições de ensino superior e membros do MPF, TRF4, AGU, OAB, FASE, AJURIS, TJRS, Justiça Estadual, SUSEPE, entidades sociais e  público externo em geral.

Serão emitidos certificados.

 

Seminário com a Profª. Brunilda Pali

Data: 21/05 (segunda-feira)

Horário: das 14h as 16h30 (duração de 2h30min)

Local: auditório da Justiça Federal de Porto Alegre

Tema: justiça restaurativa e crimes cibernéticos

Público-Alvo: juízes federais, servidores da Justiça Federal, estudantes da Universidade La Salle, de outras instituições de ensino superior e membros do MPF, TRF4, AGU, OAB, FASE, AJURIS, TJRS, Justiça Estadual, SUSEPE, entidades sociais e  público externo em geral.

Serão emitidos certificados.

 

 

 

Veja mais Notícias

Programa de Penas Alternativas: entidades da região de Novo Hamburgo (RS) podem enviar projetos e concorrer a recursos

13 de julho de 2018
A 5ª Vara Federal de Novo Hamburgo está com inscrições abertas para o Programa de Penas Alternativas. A iniciativa visa a beneficiar projetos de relevância social através da

Justiça Federal em Porto Alegre (RS) condena três jovens pelo crime de moeda falsa

12 de julho de 2018
A 22ª Vara Federal de Porto Alegre condenou três homens pelo crime de moeda falsa. Eles foram flagrados tentando colocar em circulação no comércio duas cédulas falsificadas

Operação Suçuarana: JFRS condena Jarvis Pavão e outro homem por tráfico internacional de drogas

10 de julho de 2018
A 7ª Vara Federal de Porto Alegre (RS) condenou Jarvis Pavão e outro homem por tráfico internacional de drogas a penas de reclusão de 13 anos e 6 seis meses e 11 anos e cinco