Justiça Eleitoral realiza cadastramento biométrico na JFRS

A Central de Atendimento ao Eleitor do Tribunal Regional Eleitoral do RS (TRE-RS) estará com o serviço de cadastramento biométrico disponível na Justiça Federal do RS (JFRS) a partir do dia 26/2. A ação faz parte do programa “Justiça Eleitoral Presente” que contempla a instalação de postos de atendimento descentralizados para facilitar o acesso dos serviços prestados pelo órgão aos eleitores. O serviço será disponibilizado para magistrados e servidores da JFRS e também para o público externo.

Para realizar o cadastramento é necessário realizar um agendamento prévio através do link https://eleitor.tre-rs.jus.br/agendamento/publico/agendamentos. Na JFRS, os servidores do TRE estarão no auditório do prédio-sede coletando os dados biométricos do dia 26/2 até 9/3, das 10h às 18h.

 Biometria

 Desde outubro de 2015, todo o eleitor do Rio Grande do Sul que procura a Justiça Eleitoral para fazer o seu alistamento, revisar seus dados ou mudar seu domicílio, tem seus dados biométricos coletados.

Além desse recadastramento regular, também está sendo utilizadoxo mecanismo de revisão do eleitorado. Nesses casos o TRE define um período em que o eleitor é obrigado a comparecer sob pena de ter seu título cancelado.

No final do ano passado, o processo de cadastramento biométrico foi concluído em 400 municípios e, em outros 26, será encerrado até março deste ano. Nos demais 71 municípios os dados biométricos serão coletados após as eleições de 2018, em datas ainda a serem definidas. A previsão é de que este processo seja concluído, em todos os municípios do estado, para as eleições de 2022.

Fonte: TRE-RS

 Serviço

 Cadastramento Biométrico

Quando: 26/2 a 9/3

Horário: 10h às 18h

Onde: auditório do prédio-sede da JFRS (Rua Otávio Francisco Caruso da Rocha, 600 – Bairro Praia de Belas, 9º andar/ala norte)

Agendamento prévio: https://eleitor.tre-rs.jus.br/agendamento/publico/agendamentos

 

Veja mais Notícias

JFRS condena professor que integrava rede internacional de produção e compartilhamento de arquivos de pornografia infantil

A 2ª Vara Federal de Santa Maria (RS) condenou um professor que integrava uma organização internacional de produção e compartilhamento de arquivos de pornografia infantil no

Justiça Federal condena Grêmio Esportivo Bagé por falta de profissionais habilitados em Educação Física

A 1ª Vara Federal de Bagé (RS) determinou que o Grêmio Esportivo Bagé cesse imediatamente a execução das atividades privativas de profissionais de Educação Física por

JFRS determina que União realize licenciamento ambiental do Hospital Militar de Porto Alegre

A Justiça Federal em Porto Alegre (RS) determinou, no dia 11/2, que a União realize o licenciamento ambiental do Hospital Militar do município (HMAPA), que deverá ser feito