Memória e Patrimônio

A servidora Rita apresentando um projeto desenvolvido na Justiça Federal Gaúcha. Atrás dela uma imagem projetada no quadro com o título "A Cidade Maldita". ,mais à frente para o lado direito, uma mesa com gavetas e em cima um notebook, projetor e garrafinha de água e copos plásticos.
Servidora Rita apresentou projeto desenvolvido na Justiça Federal gaúcha

O trabalho de resgate e disponibilização do acervo arquivístico da Justiça Federal gaúcha (JFRS), desenvolvido pelo Núcleo de Documentação e Memória da instituição, recebeu destaque no VIII Seminário Internacional em Memória e Patrimônio (SIMP).

O evento, que aconteceu Universidade Federal de Pelotas entre os dias 5 e 7/11 de 2014, reuniu historiadores, cientistas sociais, museólogos e outros profissionais do Brasil e do exterior para discutir a noção de “lugares de memória”, como interferem na construção das identidades e o que eles representam para uma sociedade.

Durante o simpósio, a então diretora do NDOC da JFRS, Rita Vieira da Rosa, apresentou o trabalho “O sonho brasileiro da casa própria – Reflexão sobre exposição com abordagem transdisciplinar”. A participação proporcionou visibilidade às atividades realizadas pela equipe do Memorial da Justiça Federal do RS com o intuito de levar informação à sociedade e aproximar a Justiça ao cidadão.