Notícia

Bolha do alicate: audiências de instrução processual de ação que apura fraude contra o mercado de capitais recomeçaram hoje (21/6)

21 de junho de 2016 - 15:04
Reiniciaram hoje (21/6) as audiências de instrução processual da ação penal que apura crimes contra o mercado de capitais supostamente cometidos por um corretor da bolsa de valores e um dos principais acionistas da empresa Mundial S/A. A 7ª Vara Federal de Porto Alegre (RS), durante dois dias, ouvirá as testemunhas elencadas pelas defesas de forma presencial e através de videoconferência com as cidades gaúchas de Gravataí e Santa Cruz o Sul. Já na quinta-feira (23/6), os dois réus serão interrogados pelo juiz federal Guilherme Beltrami. As primeiras audiências ocorreram no final de novembro do ano passado quando foram colhidos os depoimentos das testemunhas de acusação e parte das de defesa. Os demandados são acusados de manipular o mercado, a partir de informações privilegiadas, produzindo uma valorização artificial nas ações da fabricante gaúcha de artigos de cutelaria. De acordo com a denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal (MPF), o crescimento no valor dos papéis teria iniciado em maio de 2011, caindo abruptamente – cerca de 91% – em julho. Com isso, diversos investidores teriam sido prejudicados. Conforme o inquérito policial, a empresa teria chegado a valer R$ 1,3 bilhão no mercado de capitais, apesar de ter apresentado lucro de apenas R$ 10 milhões em 2010 e prejuízo de R$ 6,3 milhões no primeiro trimestre de 2011. Teria colaborado com o suposto esquema a contratação de uma jornalista especializada para atuar na divulgação de matérias com o intuito de gerar confiança nas estratégias de reestruturação e crescimento da companhia. Somada a isso, estaria a atuação do corretor. Ele teria sido responsável, entre outros, pela emissão de 13.830 ordens de compra de ações em uma mesma data, em um período de cerca de quatro horas e meia. Em determinado período, seu lucro com as negociações teria sido de R$ 2.276.969,00. Para o MPF, o acionista teria participado do planejamento das atividades.

Outras notícias

Todas as notícias
Logotipo do projeto Portas para o Futuro

Aplicativos Eproc

Loja Google Play Loja App Store
www2.jfrs.jus.br