Notícias

Gestão ambiental: projeto implantado na JF gaúcha vence II Prêmio Ajufe de Boas Práticas

26 de junho de 2017 - 12:18

O projeto de implantação da gestão ambiental na Seção Judiciária do Rio Grande do Sul recebeu o primeiro lugar na categoria “Servidores” do II Prêmio da Associação dos Juízes Federais (Ajufe): Boas Práticas de Gestão. A entrega da premiação ocorreu no dia 21/6, na sede do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3), em São Paulo. O concurso tem como objetivo selecionar casos de sucesso e premiar práticas de gestão bem sucedidas na Justiça Federal.

Responsável pela iniciativa, o atual servidor do Setor de Ações Sociomabientais (Setasa) do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) José Antônio Berta Antunes abordou, no artigo premiado, o projeto de interiorização do sistema nas subseções judiciárias gaúchas. “É o relato de um trabalho de sensibilização de magistrados e servidores para a importância e a conscientização a respeito da gestão ambiental. Eu viajei por diversas cidades, já com o conhecimento prévio da realidade das subseções judiciárias feito por meio de um questionário, buscando implantar, no mínimo, a coleta seletiva de resíduos”, lembra Antunes.

Antunes orienta servidores e funcionários terceirizados sobre gestão ambiental

O projeto de interiorização da gestão ambiental começou em outubro de 2011 e foi implantado em 25 subseções gaúchas, formando 30 gestores locais e 52 monitores ambientais nas unidades. Outro objetivo é buscar parcerias com as prefeituras para trazer aos servidores palestras sobre gestão de resíduos, por exemplo. Com 17 anos de trabalho na área ambiental no TRF4 e nas seções, Antunes comemora o prêmio: “é um importante reconhecimento, porque somos pioneiros em gestão ambiental no Judiciário Federal. É um estímulo para continuar tocando em frente”, diz.

[Notícias anteriores]
www2.jfrs.jus.br