Notícia

Inaugurada a nova sede da Justiça Federal em Santo Ângelo (RS)

6 de junho de 2017 - 13:07

Nova sede conta com melhores instalações para atendimento à população

  Realizou-se nesta terça-feira (6/6) a inauguração da nova sede da Justiça Federal em Santo Ângelo (RS). Participaram da solenidade os juízes federais Eduardo Tonetto Picarelli, diretor do Foro da Justiça Federal do RS (JFRS); Marcelo Furtado Pereira Morales, diretor do Foro local; Jairo Gilberto Schäfer, diretor do Foro da Justiça Federal de SC; Gerson Godinho da Costa, presidente da Associação dos Juízes Federais do RS (Ajufergs); o prefeito municipal, Jacques Gonçalves Barbosa; o juiz de Direito Luiz carlos Rosa, diretor do Foro da Comarca de Santo Ângelo; o juiz federal do Trabalho, Denilson da Silva Mroginski; o procurador da República Osmar Veronese, chefe da Procuradoria da República em Santo Ângelo; o advogado João Olavo Daltrozo, presidente da seccional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/RS); e o vereador Vinícius Makvitz.

Diretor da JFRS, Picarelli (D) destacou vantagens do modelo de construção para locação

Picarelli salientou que esta sede, assim como as outras nove sedes inauguradas desde 2011, foi construída em uma parceria com a iniciativa privada, a partir de um sistema eficiente e economicamente viável, em processo transparente, iniciado com a publicação de edital de chamamento. O diretor do Foro da JFRS observou que a obra foi muito bem executada, mas sem luxos e excessos, com o objetivo de melhor atender a população e os operadores do Direito. “Nos esforçaremos ao máximo para prestar um excelente atendimento e cumprir nossa missão de ser uma Justiça acessível, rápida e efetiva”, completou. Em seu discurso, Morales registrou o comprometimento em honrar o investimento aqui aportado. Ele lembrou que foi a mobilização da sociedade civil e dos órgãos públicos que garantiu a manutenção da estrutura atual das varas federais de Santo Ângelo. O diretor do Foro da Subseção ainda fez um agradecimento especial aos servidores da casa, que “trabalharam com afinco para que este momento fosse possível.”

Morales lembrou a atuação dos servidores da instituição

O prefeito Jacques Barbosa agradeceu o empenho da Justiça Federal em trazer esta incrementada estrutura para a cidade e para os usuários. “O atendimento à população é a razão de ser das instituições públicas”, declarou o chefe do executivo municipal.

Esforço da Justiça Federal em aprimorar atendimento foi citado por Barbosa

Estiveram presentes na cerimônia os juízes federais da Subseção de Santo Ângelo Iracema Longhi, Roberto Bozzetto e Carla Cristiane Tomm Oliveira; Alessandro Dutra Lucarelli e Fábio Vitório Mattiello, que aqui já atuaram; e Rafael Lago Salapata, titular da Subseção Judiciária de Santa Rosa.

Solenidade marcou inauguração da nova sede da JF em Santo Ângelo

Nova sede possui instalações mais modernas Situado na Travessa João Meller, nº 102, o novo prédio-sede da JF tem 2.433m2, distribuídos em quatro pavimentos, com amplas condições de acessibilidade. No andar térreo, o público terá acesso direto a vários serviços, como a Central de Atendimento ao Público (CAP), salas de perícias médicas, sala para audiência de conciliação, Central de Mandados e agência bancária. Nos demais andares, com acesso por elevador, ficarão as salas de audiência e videoaudiência, além de gabinetes, secretarias e serviços administrativos.

Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania ganhou espaço próprio

O edifício foi executado por meio de um formato de construção para futura locação em que é selecionado um investidor através de um edital de chamamento público. Segundo o diretor do Foro da JFRS, o modelo tem se mostrado extremamente útil, já que a instituição não dispõe de recursos para, a curto e médio prazo, construir sedes próprias para as 25 subseções judiciárias.   Subseção de Santo Ângelo abrange 25 municípios da região Inaugurada em 1988, com a instalação da 14ª Vara da Seção Judiciária do Estado do Rio Grande do Sul, a subseção possui jurisdição sobre os municípios de Bossoroca, Caibaté, Cerro Largo, Dezesseis de Novembro, Entre Ijuis, Eugênio de Castro, Garruchos, Giruá, Guarani das Missões, Mato Queimado, Pirapó, Porto Xavier, Rolador, Roque Gonzales, Salvador das Missões, Santo Ângelo, Santo Antônio das Missões, São Luiz Gonzaga, São Miguel das Missões, São Nicolau, São Pedro do Butiá, Senador Salgado Filho, Sete de Setembro, Ubiretama e Vitória das Missões. No local, atuam quatro magistrados e 55 servidores. Em 2016, as três varas federais locais receberam 5901 novos processos.

Outras notícias

Todas as notícias
Logotipo do projeto Portas para o Futuro

Aplicativos Eproc

Loja Google Play Loja App Store
www2.jfrs.jus.br