Notícia

JFRS condena dois homens por roubar R$ 150 mil de agência dos Correios

6 de dezembro de 2016 - 18:21
A 11ª Vara Federal de Porto Alegre condenou dois homens pelo assalto a uma agência da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (EBCT) em 2015, na capital gaúcha. A sentença, publicada na sexta-feira (02/12), é do juiz federal substituto Ricardo Humberto Silva Borne. De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), os réus teriam entrado na agência, situada no Bairro Moinhos de Vento, portando um revólver. Eles teriam conseguido passar pelo agente de segurança que estava postado junto ao detector de metais. Após render todos os funcionários da agência, teriam se apossado de cerca de R$ 150 mil que acabavam de ser contabilizados pelo gerente. Posteriormente, um dos acusados foi preso em flagrante, em sua residência, por posse ilegal de arma. Em juízo, os denunciados confessaram a autoria do crime e pediram a redução da pena no caso de uma eventual condenação. Postularam, ainda, a aplicação da pena mínima e a possibilidade de recorrer em liberdade. Ao serem questionados pelo magistrado, ambos declararam ter gastado todo o dinheiro roubado, a maior parte “em festas”. Nas alegações finais, o MPF afirmou que o delito teria sido praticado mediante grave ameaça, destacando que algumas das pessoas rendidas no assalto teriam passado, inclusive, por tratamento psicológico. O autor requereu que as penas fossem aumentadas em função dos prejuízos ao erário e à saúde dos funcionários traumatizados. Na sentença, o juiz Ricardo Humberto Silva Borne salientou que tanto a autoria quanto a materialidade dos crimes de roubo qualificado e posse ilegal de arma de fogo restaram comprovados nas evidências e testemunhos. Após analisar as circunstâncias, o magistrado fixou a pena em doze anos de reclusão para o primeiro réu e dez anos e seis meses de reclusão para o outro. Ambos deverão cumprir as penas em regime inicialmente fechado. Cabe recurso ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região.

Outras notícias

Todas as notícias
Logotipo do projeto Portas para o Futuro

Aplicativos Eproc

Loja Google Play Loja App Store
www2.jfrs.jus.br