Este Portal utiliza a tecnologia de cookies para melhorar sua experiência de navegação.

Para maiores informações, acesse nossa página de Política de Privacidade.

Memória

JFRS lança exposição sobre JEFs com bate-papo permeado por emoção e boas recordações

11 de maio de 2021 - 18:34
Tela de transmissão do evento em que aparece quatro servidores. Acima dela, em tamanho menor, se vê alguns participantes presentes no bate-papo.

O Dia da Memória do Poder Judiciário, celebrado ontem (10/5), foi comemorado na Justiça Federal do RS (JFRS) com o lançamento da exposição virtual “20 Anos da Lei dos Juizados Especiais Federais – Simplificando o processo, facilitando a vida”. Para marcar a abertura da mostra, foi realizado um bate-papo sobre Memória e História dos JEFs com uma estimulante fala do desembargador federal aposentado Vladimir Passos de Freitas. Emoção, reencontros e boas recordações também registraram presença.

O bate-papo, organizado pela Comissão de Gestão da Memória da instituição, serviu ainda para apresentar os integrantes do grupo e o início de suas atividades. A presidente da comissão, juíza federal Andréia Castro Dias Moreira, conduziu o evento, destacando que o grupo está aberto para sugestões e contribuições, e que irá promover outros encontros como o ocorrido na tarde de ontem, além de ações com foco na preservação e difusão da memória institucional.

Presente no encontro, o diretor do Foro da JFRS, juiz federal Paulo Paim da Silva, ressaltou a importância da memória como forma de entender o passado para pensar no futuro. Ele sublinhou o marco representado pelos juizados especiais federais (JEFs), que mudou completamente as várias maneiras de se ver a Justiça.

Na sequência, o desembargador federal Vladimir Passos de Freitas demonstrou satisfação com o posicionamento de valorização da memória. “É fantástico. Anteriormente, existiam pessoas. Agora, não. Há uma resolução do Conselho Nacional de Justiça regulamentando o assunto. Há um impulso em todo judiciário brasileiro”.

Tela de transmissão do evento em que aparece o desembargador Vladmiri. Acima dela, em tamanho menor, se vê alguns participantes presentes no bate-papo.
Desembargador Vladimir Passos de Freitas elogiou temática do evento

Com sua história caminhando com a da Justiça Federal, Freitas relembrou diversos fatos que marcaram o trabalho cotidiano, como utilização de papel verde cedido pela Caixa Econômica Federal, os poucos recursos existentes no início, o esforço para a criação das varas previdenciárias, além de processos marcantes. Ele deu sugestões de ações para estimular a divulgação e o compartilhamento da memória institucional, incentivando os presentes a abraçar esta causa.

Em seguida, a diretora do Núcleo de Documentação e Memória, Tassiara Jaqueline Fanck Kich convidou os presentes a visitaram a exposição virtual “20 Anos da Lei dos Juizados Especiais Federais – Simplificando o processo, facilitando a vida”. Acesse o link e conheça ou relembre este importante marco na história da Justiça Federal, que começou com um projeto piloto na então 3ª Vara Federal Previdenciária de Porto Alegre.

Após estas falas começou o bate-papo. Diversas recordações, reencontros e emoções surgiram na partilha de memórias que, juntas, constroem a história da Justiça Federal gaúcha. O vídeo deste evento está disponibilizado na Youtube da instituição, clique e assista.

Exposição 20 Anos da Lei dos JEFs
JFRS inaugura exposição sobre os 20 anos da lei dos JEFs com bate-papo sobre esta história e a importância da memória
Comissão de Gestão da Memória da JFRS inicia atividades

Tópicos relacionados

Outras notícias

Todas as notícias
Logotipo do laboratorio de inovacao da JFRS Logotipo do memorial da JFRS Logotipo do projeto Portas para o Futuro

Aplicativos Eproc

Loja Google Play Loja App Store
www2.jfrs.jus.br