Notícias

JFRS: Médico que trabalhava no HUSM e condenado por estelionato começa a cumprir pena provisória

30 de novembro de 2018 - 14:37

A 2º Vara Federal de Santa Maria (RS) determinou, na terça-feira (27/11), a prisão de um médico que trabalhava no Hospital Universitário do município. Ele foi condenado por estelionato em primeira instância, em abril de 2016. Neste ano, com o julgamento da apelação, foi possível dar início ao cumprimento provisório da pena.

A sentença apontou que o médico não compareceu ao trabalho durante três anos, mas continuava tendo sua folha assinada e recebendo sua remuneração. Na decisão que determinou o início da execução da pena, o juiz federal Jorge Luiz Ledur Brito apontou que o acórdão da 7ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região deu provimento parcial ao recurso do réu, o que reduziu a pena para quatro anos, cinco meses e 10 dias de reclusão em regime semiaberto. Ele também deve pagar a multa de R$ 248.316,14, valor atualizado.

[Notícias anteriores]
www2.jfrs.jus.br