Notícia

Justiça Federal do RS condena ex-funcionária do Hospital de Clínicas por desvios de medicamentos

5 de abril de 2017 - 15:55
Uma técnica em enfermagem que trabalhava no Hospital de Clínicas de Porto Alegre foi condenada pela 11ª Vara Federal de Porto Alegre (RS) por desvio de medicamentos e materiais de escritório. A sentença de condenação foi proferida pelo juiz federal Roberto Schaan Ferreira em 28/3. A denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal (MPF) teria partido de ocorrência policial registrada pela irmã da ré. De acordo com o MPF, ela teria desviado substâncias e fármacos de uso controlado e com retenção obrigatória de receita, como morfina, codeína e clonazepam, entre outros. A mulher também teria furtado gaze, esparadrapos e até grampos para grampeador. O material desviado era revendido, inclusive com a identificação do hospital, nas cidades de Alvorada e Canoas. Mandados cumpridos na residência da acusada teriam resultado na apreensão de remédios e material de uso hospitalar. Em sua defesa, a ex-funcionária alegou inocência e sustentou a existência de uma rixa com a irmã. Afirmou que ela seria capaz de arquitetar e colocar em prática um plano para incriminá-la, visando a prejudicá-la em seu trabalho. Após analisar as provas contidas nos autos, o juiz entendeu que estariam comprovadas a materialidade e a autoria do delito. A ré foi condenada a dois anos de reclusão, pena que foi substituída por duas restritivas de direitos. Ela foi advertida pelo magistrado que o descumprimento das restrições implicará em reversão da penalidade em privativa de liberdade. Cabe recurso ao TRF4.

Outras notícias

Todas as notícias
Logotipo do laboratorio de inovacao da JFRS Logotipo do projeto Portas para o Futuro

Aplicativos Eproc

Loja Google Play Loja App Store
www2.jfrs.jus.br