Notícias

Justiça Federal em Santo Ângelo (RS) inaugura nova sede amanhã (6/6)

5 de junho de 2017 - 11:05

A nova sede da Justiça Federal em Santo Ângelo (RS) será inaugurada amanhã (6/6). A cerimônia, que inicia às 11 horas, contará com as presenças dos juízes federais Eduardo Tonetto Picarelli, diretor do Foro da Justiça Federal do RS (JFRS), Marcelo Furtado Morales, diretor do Foro local, e Gerson Godinho, representando a Associação dos Juízes Federais, além de outras autoridades.

Situado na Travessa João Meller, nº 102, o novo prédio-sede da JF tem 2.433m2, distr05ibuídos em quatro pavimentos, com amplas condições de acessibilidade. No andar térreo, o público terá acesso direto a vários serviços, como a Central de Atendimento ao Público (CAP), salas de perícias médicas, sala para audiência de conciliação, Central de Mandados e agência bancária. Nos demais andares, com acesso por elevador, ficarão as salas de audiência e videoaudiência, além de gabinetes, secretarias e serviços administrativos.

O edifício foi executado por meio de um formato de construção para futura locação em que é selecionado um investidor através de um edital de chamamento público. Segundo o diretor do Foro da JFRS, o modelo tem se mostrado extremamente útil, já que a instituição não dispõe de recursos para, a curto e médio prazo, construir sedes próprias para as 25 subseções judiciárias.

Subseção de Santo Ângelo abrange 25 municípios da região

Inaugurada em 1988, com a instalação da 14ª Vara da Seção Judiciária do Estado do Rio Grande do Sul, a subseção possui jurisdição sobre os municípios de Bossoroca, Caibaté, Cerro Largo, Dezesseis de Novembro, Entre Ijuis, Eugênio de Castro, Garruchos, Giruá, Guarani das Missões, Mato Queimado, Pirapó, Porto Xavier, Rolador, Roque Gonzales, Salvador das Missões, Santo Ângelo, Santo Antônio das Missões, São Luiz Gonzaga, São Miguel das Missões, São Nicolau, São Pedro do Butiá, Senador Salgado Filho, Sete de Setembro, Ubiretama e Vitória das Missões. No local, atuam quatro magistrados e 55 servidores. Em 2016, as três varas federais locais receberam 5901 novos processos.

[Notícias anteriores]
www2.jfrs.jus.br