Notícias

Modernização na área de atendimento ao público da Justiça Federal em Passo Fundo (RS) é apresentada à comunidade

22 de junho de 2016 - 14:51

A nova área de atendimento ao público da Justiça Federal em Passo Fundo foi apresentada, ontem (21/6), à comunidade. Já em pleno funcionamento, as novas instalações oferecem à população maior facilidade e conforto, concentrando diversos serviços em um ambiente único. A cerimônia contou com as presenças do diretor do Foro da Justiça Federal do RS (JFRS), juiz federal Eduardo Tonetto Picarelli e do diretor do Foro local, juiz federal Rafael Castegnaro Trevisan.

Também estiveram presentes a procuradora da República Cinthia Gabriela Borges, representando a Procuradoria da República em Passo Fundo; o promotor de Justiça Mário Luís Guadanin, diretor da Promotoria de Passo Fundo; procurador do Estado Luiz Gustavo Carlosso, coordenador da Procuradoria Regional de Passo Fundo; o advogado Luciano Araújo Migliavacca, presidente da Subseção de Passo Fundo da OAB/RS; entre outras autoridades.

IMG_7252

Trevisan valorizou as novas instalações

No início da cerimônia, o diretor do Foro local ressaltou o papel do judiciário no serviço público, destacando a necessidade de oferecer um atendimento digno e eficiente. “A Justiça não nos pertence, ela pertence à população”, afirmou. Ele lembrou que as obras foram feitas dentro de um modelo de contenção de despesas, otimizando espaço e recursos humanos.

O diretor do Foro da JFRS recordou que era uma demanda antiga da subseção a remodelagem do espaço para torná-lo útil à população e aos servidores e juízes. “O serviço público é para as pessoas, então nada mais justo que empregar o dinheiro público no atendimento às pessoas”, salientou.

Picarelli elogiou a luta dos servidores e juízes na conquista deste novo espaço

Picarelli elogiou a luta dos servidores e juízes na conquista deste novo espaço

Picarelli destacou a descentralização da JFRS como estratégia de melhoria da prestação jurisdicional. “Hoje, a Justiça Federal está presente em 36 municípios, são 24 subseções judiciárias e 12 unidades avançadas”, comentou. Ele evidenciou os benefícios da ampliação de espaço e serviços no interior, como o uso da sala de videoconferência por advogados que necessitam fazer sustentação oral perante o TRF4 e turmas recursais. “Isto também é um exemplo de acessibilidade, pois sabemos que há um custo elevado para deslocar-se a Porto Alegre, que muitas vezes pesa no bolso de advogados e clientes que não têm condições de arcar com esta despesa”, pontuou.

Auditório ficou lotado

Presentes lotaram o auditório

A modernização da área de atendimento ao público congrega, em um único ambiente, salas de audiências, da OAB e de videoconferência. O local ainda abriga o auditório, a central de perícias médicas e o Centro de Soluções de Conflitos (Cejuscon), onde se realizam as conciliações. Todas instalações foram projetadas de modo a garantir conforto, segurança e acessibilidade universal à população e usuários dos serviços da Justiça Federal.

IMG_7301

Sala de perícia

IMG_7214

Auditório

IMG_7218

Sala de videoconferência

IMG_7202

Cejuscon

Subseção abrange 13 municípios da região

A Subseção Judiciária de Passo Fundo, implantada em 1987, atualmente possui jurisdição sobre os municípios de Água Santa, Camargo, Capão Bonito do Sul, Casca, Caseiros, Ciríaco, Coxilha, David Canabarro, Ernestina, Gentil, Ibiaçá, Ibiraiaras, Lagoa Vermelha, Marau, Mato Castelhano, Montauri, Muliterno, Nicolau, Vergueiro, Nova Alvorada, Passo Fundo, Pontão, Santa Cecília do Sul, Santo Antônio do Palma, São Domingos do Sul, Sertão, Tapejara, Tupanci do Sul, União da Serra, Vanini, Vila Lângaro e Vila Maria.

[Notícias anteriores]
www2.jfrs.jus.br