Notícia

O Sonho da Casa Própria: programação envolve ciclo de palestras e exibição de filme na JFRS

14 de maio de 2014 - 19:27

Evento reuniu juízes e servidores para discutir o tema da moradia

A exposição O Sonho Brasileiro da Casa Própria, realizada pelo Núcleo de Documentação e Memória da Justiça Federal do RS (JFRS), continua com programação intensa e diversificada. O ciclo de atividades, que integra a 12ª Semana Nacional de Museus, prosseguiu ontem (13/5), com uma série de palestras.

Magistrados falaram sobre a conciliação em ações que tratam de contratos habitacionais

Magistrados que atuam na instituição e professores de universidades gaúchas abordaram, sob diferentes ângulos, a temática do evento. A moradia de interesse social e os desafios e mudanças enfrentados ao longo de dez anos pela vara especializada em ações do Sistema Financeiro de Habitação (SFH) foram os pontos apresentados pela manhã. Na tarde, o direito ao domicílio foi ponto central das discussões, com destaque para as questões relativas ao estatuto das cidades e ao meio ambiente equilibrado. Também foram apresentadas as atividades conciliatórias promovidas pela JFRS para solucionar litígios  envolvendo a posse ou a propriedade de imóveis. Prestação de serviço e informação Nesta quarta-feira (14/5), os funcionários terceirizados que trabalham na sede da instituição, em Porto Alegre, assistiram ao curta-metragem A Cidade, da diretora gaúcha Liliana Sulzbach. Em seguida, a juíza federal Carla Evelise Hendges conversou com o grupo a respeito do direito social à moradia. Além da magistrada, representantes da Caixa Econômica Federal e da Advocacia Judiciária Voluntária da JFRS responderam às perguntas dos participantes, esclarecendo dúvidas sobre financiamento, cooperativas habitacionais, programas sociais e contratos imobiliários, entre outros.

Público acompanhou atento às explicações repassadas

Até o final de junho, o Memorial da JFRS expõe processos judiciais, fotos e objetos relacionados ao Sonho Brasileiro da Casa Própria. A mostra está aberta à visitação pública até o dia 27/6  (Rua Otávio Francisco Caruso da Rocha, 600 – 9º andar / ala Norte). A Cidade Curta-metragem da diretora gaúcha Liliana Sulzbach centrado em Itapuã (RS), uma comunidade distante de outros centros urbanos e com hábitos bem característicos. O local, que já abrigou 1454 pessoas durante mais de 70 anos de existência, conta atualmente com 35 moradores com idades superiores a 60 anos. Retrata, sem melancolia, um passado duro e um presente de adaptação.

Tópicos relacionados

Outras notícias

Todas as notícias
Logotipo do laboratorio de inovacao da JFRS Logotipo do projeto Portas para o Futuro

Aplicativos Eproc

Loja Google Play Loja App Store
www2.jfrs.jus.br