Cultura e história

Obra de Fernando Corona está em exposição no Memorial da JFRS

17 de fevereiro de 2020 - 18:29

A obra A Máscara Cubista de Borges de Medeiros, de Fernando Corona, está exposta no Memorial da Justiça Federal do RS (JFRS) na mostra “Contando histórias… buscando justiça: o período de 1890-1930”. A escultura em gesso, de 1924, foi emprestada pela Pinacoteca do Instituto de Artes da Universidade Federal do RS (UFRGS).

O autor, que nasceu na Espanha e se mudou para Porto Alegre em 1912, foi escultor, arquiteto, professor, crítico e historiador da arte. A peça retrata o então governador Antônio Augusto Borges de Medeiros e foi criada num cenário político e cultural em transformação. Para ambientar este contexto, ao lado da escultura, estará o artigo da pesquisadora Juliana Proenço de Oliveira, publicado na Revista Seminário de História da Arte em 2018.

Iniciada no ano passado, a mostra “Contando histórias… buscando justiça: o período de 1890-1930” apresenta processos que permitem traçar um panorama das discussões da época, relacionados ao início da República e as revoltas ocorridas nos anos posteriores, como a Federalista. Ela é aberta ao público e pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 13h às 19h. O prédio sede da JFRS fica localizado na Rua Otávio Francisco Caruso da Rocha, 600 – Praia de Belas, em Porto Alegre.

JFRS promove exposição com processos raros e históricos

Tópicos relacionados

Outras notícias

Todas as notícias
Logotipo do laboratorio de inovacao da JFRS Logotipo do projeto Portas para o Futuro

Aplicativos Eproc

Loja Google Play Loja App Store
www2.jfrs.jus.br