Notícia

Projeto Justiça Inclusiva completa três anos com excelentes resultados

19 de dezembro de 2018 - 17:47
O  projeto Justiça Inclusiva completou, neste mês, três anos de funcionamento. Criado em 2015, ele tem como foco os segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que são dependentes químicos e ingressam com ações judiciais requisitando auxílio-doença, benefício assistencial ou aposentadoria por invalidez. Até o momento, 547 pessoas já passaram ou estão participando do projeto. O fluxo dos processos que ingressam no Justiça Inclusiva inicia pela verificação dos requisitos legais, passando pela realização de perícias médica e psicossocial. Posteriormente, os casos são encaminhados para tentativa de conciliação. Aos autores, é ofertada a possibilidade de implantação do benefício requerido pelo prazo médio de um ano, período em que poderão se dedicar à contrapartida acordada: o tratamento na rede pública de saúde. Atualmente, esta rede abrange 52 municípios e 76 serviços, sendo 72 localizados no Rio Grande do Sul. Ao longo do tempo previsto de tratamento, eles passam por avaliações periódicas e acompanhamento das assistentes sociais que integram a equipe do projeto e, também, da 26ª Vara Federal da capital. Procurando também a reinserção dos autores das ações no mercado de trabalho, foi firmada parceria com o Senac, que disponibiliza vagas gratuitas em cursos, como culinária, informática, barbeiro e micropigmentação.
Diversas pessoas posam para foto

Representantes da rede de tratamento participam periodicamente de reuniões

Tópicos relacionados

Outras notícias

Todas as notícias
Logotipo do laboratorio de inovacao da JFRS Logotipo do projeto Portas para o Futuro

Aplicativos Eproc

Loja Google Play Loja App Store
www2.jfrs.jus.br