Outubro Rosa: programação da JFRS chama atenção de mulheres e homens para prevenção do câncer

Atualizada em 16/10

Fundo rosa, com imagem de uma árvore cuja copa é feita de laços. Texto diz onde existe cuidado, a vida floresce. Outubro Rosa.

Já virou tradição na Justiça Federal do RS (JFRS), nos meses de outubro e novembro, a realização de ações que incentivem magistrados, servidores, estagiários e colaboradores a pensar a prevenção como melhor forma de garantir uma vida saudável. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), cerca de 960 mil novos casos de câncer serão diagnosticados no Brasil em 2017, daí a necessidade de se falar sobre o tema.

Em outubro, a intenção é chamar a atenção para o cuidado com o corpo feminino, já que há previsão de 60 mil diagnósticos de câncer de mama este ano. Diversos fatores de risco contribuem para o desenvolvimento da doença, como menopausa tardia, mutações genéticas e histórico familiar. Embora alguns desses elementos não sejam modificáveis, é possível agir e adotar medidas preventivas, como alimentação saudável, prática de atividades físicas e realização de exames periódicos.

Ações programadas

Cartaz com uma árvore com mensagens para serem retirados e digitais coloridas feitas com tintas no lugar das folhas

Público é convidado a pegar uma mensagem em troca de uma digital

 A programação na instituição tem início hoje (3/10) com a iluminação do prédio-sede da subseção de Porto Alegre em tons de rosa. Neste ano, a árvore foi eleita como símbolo da campanha, pois representa a vida. Todas as subseções receberão um cartaz estampado com uma grande árvore, com dicas diversificadas sobre o câncer de mama. Públicos interno e externo estão convidados a retirarem uma mensagem e deixarem suas impressões digitais na árvore como demonstração de adesão à campanha.

Na capital, árvores do jardim do prédio-sede estão sendo cobertas por pedaços coloridos de tricô e crochê. Repleta de simbolismo, a intervenção busca associar a planta com a vida, que é abraçada pela trama das peças numa ideia de proteção e amparo. A artista visual Carmen Severo, servidora aposentada do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, iniciou a montagem na sexta-feira (29/9), contando com a ajuda de outros colegas. O trabalho será finalizado no dia 10/10 às 15h.

Troncos das àrvores em frente à Justiça Federal, enfeitados com peças coloridas de tricô e crochê

Árvore foi eleita símbolo da campanha neste ano

Também será realizada, no dia 25/10, uma oficina para as funcionárias terceirizadas sobre câncer de mama. Além disso,  será realizada uma Caminhada no Parque Harmonia, no dia 27/10, às 17h, precedida de sessão de alongamento e medição de pressão arterial.

A programação encerra com a palestra “Câncer de Mama – fatores de risco e prevenção”, com o médico oncologista Fabiano Souza. A atividade acontece no dia 31/10, às 17h30min.

Veja mais Notícias

Fazenda do RS é proibida de dissecar animais para dar aulas de anatomia

Um dos passeios oferecidos a alunos de 6ª a 8ª séries era a uma fazenda onde animais eram dissecados e usados em aulas de anatomia. A Justiça Federal acabou com essa prática.

Justiça Federal em Santa Maria (RS) condena paraguaio preso com mais de 100kg de cocaína

A 2ª Vara Federal de Santa Maria condenou um paraguaio por tráfico internacional de drogas. Ele foi preso com mais de 100kg de cocaína enquanto trafegava pela BR-158 no

Justiça Federal do RS condena Corinthians, construtora Odebrecht, Arena Itaquera e ex-presidente da Caixa a devolver R$400 milhões

Um repasse milionário de dinheiro público, captado por uma empresa privada especialmente criada para este fim e com capital social no valor de R$ 1 mil, embasado em garantias