Portal da Justiça Federal da 4ª Região
Seção Judiciária do Rio Grande do Sul
Seção Judiciária de Santa Catarina
Seção Judiciária do Paraná
Intra da Seção Judiciária do Rio Grande do Sul
M
A+
A
A-

Outubro Rosa: programação da JFRS chama atenção de mulheres e homens para prevenção do câncer

3 de outubro de 2017

Atualizada em 16/10

Fundo rosa, com imagem de uma árvore cuja copa é feita de laços. Texto diz onde existe cuidado, a vida floresce. Outubro Rosa.

Já virou tradição na Justiça Federal do RS (JFRS), nos meses de outubro e novembro, a realização de ações que incentivem magistrados, servidores, estagiários e colaboradores a pensar a prevenção como melhor forma de garantir uma vida saudável. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), cerca de 960 mil novos casos de câncer serão diagnosticados no Brasil em 2017, daí a necessidade de se falar sobre o tema.

Em outubro, a intenção é chamar a atenção para o cuidado com o corpo feminino, já que há previsão de 60 mil diagnósticos de câncer de mama este ano. Diversos fatores de risco contribuem para o desenvolvimento da doença, como menopausa tardia, mutações genéticas e histórico familiar. Embora alguns desses elementos não sejam modificáveis, é possível agir e adotar medidas preventivas, como alimentação saudável, prática de atividades físicas e realização de exames periódicos.

Ações programadas

Cartaz com uma árvore com mensagens para serem retirados e digitais coloridas feitas com tintas no lugar das folhas

Público é convidado a pegar uma mensagem em troca de uma digital

 A programação na instituição tem início hoje (3/10) com a iluminação do prédio-sede da subseção de Porto Alegre em tons de rosa. Neste ano, a árvore foi eleita como símbolo da campanha, pois representa a vida. Todas as subseções receberão um cartaz estampado com uma grande árvore, com dicas diversificadas sobre o câncer de mama. Públicos interno e externo estão convidados a retirarem uma mensagem e deixarem suas impressões digitais na árvore como demonstração de adesão à campanha.

Na capital, árvores do jardim do prédio-sede estão sendo cobertas por pedaços coloridos de tricô e crochê. Repleta de simbolismo, a intervenção busca associar a planta com a vida, que é abraçada pela trama das peças numa ideia de proteção e amparo. A artista visual Carmen Severo, servidora aposentada do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, iniciou a montagem na sexta-feira (29/9), contando com a ajuda de outros colegas. O trabalho será finalizado no dia 10/10 às 15h.

Troncos das àrvores em frente à Justiça Federal, enfeitados com peças coloridas de tricô e crochê

Árvore foi eleita símbolo da campanha neste ano

Também será realizada, no dia 25/10, uma oficina para as funcionárias terceirizadas sobre câncer de mama. Além disso,  será realizada uma Caminhada no Parque Harmonia, no dia 27/10, às 17h, precedida de sessão de alongamento e medição de pressão arterial.

A programação encerra com a palestra “Câncer de Mama – fatores de risco e prevenção”, com o médico oncologista Fabiano Souza. A atividade acontece no dia 31/10, às 17h30min.

OUTRAS NOTÍCIAS

JFRS afasta gestora do Hospital de Taquara e determina bloqueio de contas
14 de dezembro de 2017
A 1ª Vara Federal de Novo Hamburgo (RS) concedeu tutela de urgência determinando o imediato afastamento do Instituto de Saúde, Educação e Vida (ISEV) da administração do [Leia mais »]


JFRS: palestra abordou o fortalecimento dos vínculos comunitários para reduzir a incidência da violência entre jovens
13 de dezembro de 2017
Crianças e adolescentes das periferias, que possuem inúmeras necessidades não atendidas em função de políticas públicas frágeis, utilizam, muitas vezes, a agressividade [Leia mais »]


Ex-prefeito e ex-secretário de Segredo (RS) são condenados por irregularidades em reforma de ponte
12 de dezembro de 2017
Um ex-prefeito de Segredo e o ex-secretário de obras do município terão que devolver R$ 140 mil aos cofres públicos. Na última semana (6/12), eles foram condenados por [Leia mais »]


Reintegração de posse envolvendo 375 residências em Porto Alegre acontece de forma pacífica
7 de dezembro de 2017
Foi conduzida de forma pacífica e sem intercorrências uma reintegração de posse realizada ontem (6/12) na zona norte de Porto Alegre. O empreendimento Porto Novo, ocupado [Leia mais »]


TRF4 admite IRDR sobre produção de prova testemunhal para aposentadoria rural
7 de dezembro de 2017
É possível dispensar a produção de prova testemunhal em juízo para comprovação de labor rural, quando houver prova oral colhida em justificação realizada no processo [Leia mais »]


Rua Otavio Francisco Caruso da Rocha, 600 - Bairro Praia de Belas - CEP 90010-395 - Porto Alegre (RS) - PABX (51) 3214 9000