Portal internet da JFRS alcança nota máxima em avaliador de acessibilidade oficial

3 de abril de 2018

Elaborado em conformidade com padrões internacionais e atendendo às necessidades da realidade brasileira, o Modelo de Acessibilidade em Governo Eletrônico (eMAG) tem o compromisso de ser o norteador no desenvolvimento e na adaptação de conteúdos digitais do governo federal. Com base nos critérios do eMAG, o portal da Justiça Federal do RS, que recentemente foi aperfeiçoado, foi avaliado e recebeu nota máxima (100%).

A avaliação é realizada pelo simulador de acessibilidade Ases e tem por base testes automáticos em código-fonte (X)HTML. Entre os pontos analisados estão a ordenação de forma lógica e intuitiva da leitura e tabulação, a não utilização de tabelas para diagramação, a separação de links adjacentes e a disponibilização de todas as funções da página via teclado. Outros aspectos relevantes são a não utilização do redirecionamento automático de páginas, a não inclusão de situações com intermitência de tela, o fornecimento de alternativa em texto para as imagens do sítio e de contraste mínimo entre plano de fundo e primeiro plano.

Acessibilidade tecnológica

No que se refere ao uso do computador, as principais dificuldades vivenciadas por usuários com deficiência incluem o acesso sem mouse ou teclado. São situações que afetam especialmente pessoas com deficiência visual, dificuldade de controle dos movimentos, paralisia ou amputação de um membro superior. No caso de pessoas com deficiência auditiva, o desafio são as opções disponíveis em áudio.

O uso de recursos de tecnologia assistiva, que auxiliam na realização de tarefas, permite a essas pessoas utilizar o computador com maior autonomia e independência, ampliando sua qualidade de vida e inclusão social. As recomendações do eMAG permitem que a implementação dessa acessibilidade digital seja conduzida de forma padronizada e de fácil implementação.

Tela de computador em fundo branco, com cabeçalho em verde. Sobre o fundo branco, aparecem tabelas sob o título"nota e resumo de acessibilidade. Há um quadrado verde com o texto 100%.

Portal da JFRS atingiu percentual de 100% na avaliação 

Veja mais Notícias

Programa de Penas Alternativas: entidades da região de Novo Hamburgo (RS) podem enviar projetos e concorrer a recursos

13 de julho de 2018
A 5ª Vara Federal de Novo Hamburgo está com inscrições abertas para o Programa de Penas Alternativas. A iniciativa visa a beneficiar projetos de relevância social através da

Justiça Federal em Porto Alegre (RS) condena três jovens pelo crime de moeda falsa

12 de julho de 2018
A 22ª Vara Federal de Porto Alegre condenou três homens pelo crime de moeda falsa. Eles foram flagrados tentando colocar em circulação no comércio duas cédulas falsificadas

Operação Suçuarana: JFRS condena Jarvis Pavão e outro homem por tráfico internacional de drogas

10 de julho de 2018
A 7ª Vara Federal de Porto Alegre (RS) condenou Jarvis Pavão e outro homem por tráfico internacional de drogas a penas de reclusão de 13 anos e 6 seis meses e 11 anos e cinco