Prevenção primária da corrupção: juíza federal do RS apresenta projeto ao presidente do TRF4

A juíza federal substituta Cristina de Albuquerque Vieira, da 22ª Vara Federal de Porto Alegre (RS), esteve reunida na sexta-feira (8/9) com o presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), desembargador federal Carlos Eduardo Thompson Flores. Na ocasião, Cristina apresentou ao desembargador a Campanha #TodosJuntosContraCorrupção, promovida pelas instituições que fazem parte da Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (Enccla).

Desembargador Thompson Flores, de terno e com expressão de seriedade, olha para a juíza, sentada em um sofá à sua frente. Ela sorri. Ao fundo, uma grande estante repleta de livros .

Thompson Flores recebeu Cristina em seu gabinete

Com foco na prevenção primária da corrupção, o projeto busca consolidar propostas que fomentem a integridade social e a educação para a cidadania. As peças de comunicação que compõem a campanha estarão disponíveis a partir do lançamento no hotsite www.todosjuntoscontracorrupcao.gov.br e poderão ser compartilhadas pelos cidadãos. No mesmo endereço eletrônico, será disponibilizado um edital de chamamento público, que tem a intenção de selecionar e certificar iniciativas educacionais, já implementadas ou embrionárias, voltadas à formação de cidadãos conscientes e participativos no enfrentamento à corrupção.

O presidente do TRF4 elogiou a iniciativa e afirmou seu apoio à proposta. Já a juíza manifestou satisfação em representar a magistratura federal no projeto e se disse “idealista”. “Da mesma forma que temos hoje uma geração com maior consciência ambiental, acredito que, no futuro, teremos cidadãos mais pró-ativos no enfrentamento da corrupção”, concluiu.

 

 

 

Veja mais Notícias

Justiça Federal em Cachoeira do Sul (RS) nega pedido de reinstalação de posto de pesagem na BR-290

A 1ª Vara Federal de Cachoeira do Sul julgou improcedente uma ação que solicitava a reinstalação de posto de pesagem de veículos no trecho da BR-290 que liga o município e a

JF Carazinho absolve acusados de fraude a licitação em Lagoa dos Três Cantos

A 1ª Vara Federal de Carazinho (RS) absolveu nove pessoas acusadas de frustrar o caráter competitivo de uma licitação realizada em 2010 no município de Lagoa dos Três Cantos.

Morte de coronel em base área de Canoas teve motivação política-ideológica decorrente do regime militar, declara JFRS

A 2ª Vara Federal de Canoas (RS) declarou que a morte de um coronel da Aeronáutica ocorrida em um quartel do município em 1965 teria sido motivada por questões

Prazos são suspensos e expediente é alterado na Justiça Federal em Porto Alegre nos dias 23 e 24 de janeiro

A Direção do Foro da Seção Judiciária do Rio Grande do Sul (SJRS) informa que os prazos processuais e as intimações nos processos físicos e eletrônicos em trâmite na

JFRS: INSS não pode exigir carência para conceder auxílio-doença em casos de gestação de risco

A 17ª Vara Federal de Porto Alegre decidiu que o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) não pode exigir carência para conceder auxílio¬-doença às seguradas gestantes