Semana Farroupilha

Foi publicada em 7 de julho a Portaria nº 958/17, da Direção do Foro da Seção Judiciária do RS (SJRS). A norma estabelece regras para o uso do estacionamento na sede da instituição, em Porto Alegre, no período de 1º a 20 de setembro de 2017.

O Estacionamento G-12 (esquina da Rua Otávio Francisco Caruso da Rocha com a Avenida Augusto de Carvalho, terreno de posse da Embratel) será utilizado com exclusividade por servidores, estagiários e terceirizados da SJRS e do TRF4 no período de segunda a sexta-feira, das 7h às 20h. O mesmo vale para advogados, partes, conciliadores e funcionários dos postos de atendimento da Caixa e do Banco do Brasil. Nos dias úteis, entre 20h e 7h e nas 24h de sábados, domingos e feriados, o espaço será franqueado à EPTC.

O acesso a advogados e conciliadores somente será franqueado nos dias de expediente da JFRS e do TRF4, a partir das 13h até às 18 h, reservando-se a esse público até o máximo de 30 (trinta) vagas situadas próximo ao portão de entrada, à esquerda.

Somente será permitido o ingresso no estacionamento mediante a apresentação de identidade funcional ou crachá, no caso de servidores; crachá, no caso de estagiários, terceirizados e funcionários da CEF e do Banco do Brasil; identidade da OAB no caso de advogados e documento de identidade no caso de conciliadores em processos da SJRS ou TRF4.

Os veículos de servidores e estagiários que eventualmente venham a sair após as 20 horas nos dias referidos terão a saída franqueada, uma vez que haverá controle da EPTC.

 

 Durante o período de vigência desta portaria, os espaços para estacionamento no pátio do prédio-sede poderão ser utilizados por servidores da JFRS até as 0h nos dias úteis, finais de semana e feriados.

Veja mais Sem categoria

Fazenda do RS é proibida de dissecar animais para dar aulas de anatomia

Um dos passeios oferecidos a alunos de 6ª a 8ª séries era a uma fazenda onde animais eram dissecados e usados em aulas de anatomia. A Justiça Federal acabou com essa prática.

Justiça Federal em Santa Maria (RS) condena paraguaio preso com mais de 100kg de cocaína

A 2ª Vara Federal de Santa Maria condenou um paraguaio por tráfico internacional de drogas. Ele foi preso com mais de 100kg de cocaína enquanto trafegava pela BR-158 no

Justiça Federal do RS condena Corinthians, construtora Odebrecht, Arena Itaquera e ex-presidente da Caixa a devolver R$400 milhões

Um repasse milionário de dinheiro público, captado por uma empresa privada especialmente criada para este fim e com capital social no valor de R$ 1 mil, embasado em garantias